2.05.2016

Série "Falling Into You" - Episódio 11



EPISÓDIO 11

Chegou o grande dia do jantar de aniversário da produtora. Mariana e Ritinha tinham ido às compras. Enquanto enchiam o carro com tudo o que era preciso para a festa, Ritinha falava do namoro com Gonçalo Teixeira, contando a Mariana que ele iria estar no jantar. Depois disso, Mariana puxou o assunto da gravidez. Para ela, era bom poder ter alguém como Rita, em quem podem confiar os seus pensamentos e angústias mais pessoais.
- E é isso, depois do susto da suposta gravidez, não quero pensar em homens nos próximos tempos. A sério! Chega de pessoas a incomodarem-me, de confusões amorosas, chega de…
O telemóvel de Mariana tocou. Era Manel.
- Ok, querido. Mas tens a certeza que não é preciso ir buscar-te ao aeroporto?
- Não, eu mesmo apanho um táxi e vou então ter à vossa festa.
- O que é que se passa? Sinto algo de estranho na tua voz… Devias estar super feliz!
- Não se passa nada. Estou apenas um bocado ansioso por chegar aí.
- Mas porque é que chegas tão tarde, se saíste de Londres tão cedo?
- Ainda vou ter que tratar de uns assuntos antes de ir ter convosco.
- Assuntos? Não estou a perceber… Então, mas o que é que há de mais importante do que rever o Ricardo?
- Encontramo-nos então logo à noite, ok? Até logo!
Mariana percebeu que algo se passava, mas não percebeu bem. Ficou então a aguardar que as horas passassem depressa e que o reencontro entre Ricardo e Manel corresse da melhor forma.
****
Chegou a hora do início do jantar. A mesa está recheada de “petiscos”. Todos contribuíram para compor a mesa, de alguma forma, mas Mariana e Rita acabaram por ficar encarregues de organizar tudo. Rui também já lá estava, a falar com Teresa. Já Ricardo acabara de chegar e estava ansioso pela chegada de Manel.
- Então Ricardo, vejo-te um bocado ansioso – disse Rui, metendo conversa.
- Nada disso, apenas estava a pensar em algumas questões relacionadas com a produtora.
- Evasivo estavas de certeza, não paravas de olhar fixamente para o “nada” – disse Rui, rindo. Mas a piada não teve grande efeito em Ricardo e apenas conseguiu fazer com que ele sorrisse.
- Mas o programa tem sido mesmo um sucesso – referiu Ricardo.
- É verdade. E tem sido fruto do trabalho desta grande equipa. Todos se têm esforçado imenso. Até o miúdo, o estagiário.
- O Pedro?
- Sim. Não achas, Ricardo? Eu notei que depois daqueles atritos ao início, ele mudou completamente a postura. Parece-me ser um rapaz muito profissional.
- Sim, isso é verdade. Tenho de concordar que ele me está a surpreender. As suspeitas da Mariana pareciam-me descabidas.
Rui sabia que Mariana tinha muita razão. Mais do que sabia, aliás. Mas a sua estratégia para convencer Ricardo a manter Pedro na produtora tinha de continuar. Enquanto, foram entrando mais convidados. Ricardo olhava constantemente para a porta. Achava que Manel entraria a qualquer momento, mesmo não tendo a certeza que ele iria ali ter.
- Acho que ele devia mesmo continuar por cá, depois do estágio. Não achas?
- Sim, parece-me que sim – disse Ricardo. Acho que no final destes dois meses, vou mesmo propor que ele fique cá connosco a trabalhar.
Depois de várias pessoas entrarem, aconteceu o que Ricardo esperava há mais de 24 horas. Ele estava ali, acabar de entrar. Era Manuel.
Ricardo correu em direção ao namorado. Queria fingir surpresa, para não estragar nada, mas nem foi preciso faze-lo. Estava tão emocionado que o reencontro foi bastante intenso. Não se viam há meses. Abraçaram-se e beijaram-se, ignorando que a sala estava cheia de gente a observá-los. Entre estes, estava Pedro, que tinha chegado há pouco tempo e estava a observar a conversa de Ricardo e Rui. O estagiário irritara-se, pois de alguma forma receava que a chegada de Manuel tivesse impedido Rui de convencer Ricardo.
- Eu não acredito, que grande surpresa, amor! – disse Ricardo.
- Sim, sem dúvida – referiu Manuel, um pouco desconfortável. Apesar disso., Ricardo nem se apercebera bem desta distância de Manuel.
- Tinha tantas saudades tuas! Obrigado!
- Ricardo, preciso de falar contigo.
- Claro, amor. Também quero muito estar contigo a sós.
- Precisamos de falar agora. Podemos ir até uma sala?
Ricardo e Manuel afastaram-se dos outros e foram para o escritório do produtor. Agora sim, Ricardo desconfiava que algo se passava e isso preocupava-o. Teria Mariana contado algo sobre os eu relacionamento com David?
****
Mariana e Ritinha estavam na cozinha a terminar alguns petiscos. As duas comentavam que o ambiente na produtora estava estranhamente calmo e depois dos primeiros dias conturbados de Pedro, o estagiário andava discreto. As duas estavam ali há algum tempo, por isso ainda não sabiam da chegada de Manuel. Pedro, que não queria perder a oportunidade de provocar Mariana, perguntara por ela aos colegas e ao saber que esta estava na cozinha, foi imediatamente para lá para falar com ela. Mas ao chegar perto da porta, que estava entreaberta, percebeu que falavam de si. Aproximou-se e ficou a escutar o que diziam.
- Mas na altura, eu disse ao Ricardo que o Pedro não era assim tão boa pessoa. O Ricardo não ligou… Mas agora com o regresso do Manel, acho que as coisas vão mudar.
- O Ricardo ama-o como ninguém. E… aquilo que me contaste sobre ele e o David, acho que foi isso mesmo, uma recaída.
- Ritinha, por favor, não contes isso a ninguém. Eu nem devia ter falado disso contigo. O Ricardo pediu-me segredo absoluto. Foi sem querer, nem me devia ter descaído. É que com o regresso do Manel, ele que recomeçar tudo da melhor forma.
- Mas quem diria, hein? O nosso produtor chefe enrolado com o David Carreira – referiu Ritinha, enquanto sorria para Mariana.

À porta, Pedro ouvia, entusiasmado, todas aquelas revelações. E enquanto isso, filmava tudo com o seu telemóvel.

ELES POSTAM! NÓS MOSTRAMOS! - Ângelo Rodrigues e Ivan Rakitic




Daniel Casa dos Segredos




João Mota by Celso Colaço









1.29.2016

Rodrigo Soares - CdO


Link
Video 2 Minuto 6

Série "Falling Into You" - Episódio 10



EPISÓDIO 10

Pedro e Rui encontravam-se a sós no estúdio. A maioria das pessoas estava fora, tinha saído mais cedo, uma vez que não havia gravações nesse dia. Mas os dois, falavam há já quase meia hora.
- Deixa-te destas merdas, Pedro. Por favor! Tens me feito a vida num inferno!
- E tu a mim, meu cabrão! Ou já te esqueceste o que é usar e deitar fora? Não gostas é? Ou só te sirvo para chupar o pau?
Pedro deu um estalo a Rui.
- Estás a passar-te? Mas que porra foi esta?
- Gostas de tipos agressivos e brutos, não é? Disseste-me isso no outro dia!
- Chega, Pedro!
- Isso digo eu. Chega, Rui! Já te avisei tanta vez desde aquela noite fantástica em que te vi em êxtase total com o Tiago: quero um emprego fixo na produtora!
- Eu estou a fazer os possíveis, mas…
- Não estás, mentiroso! Não te vi fazer nada.
- Tens de perceber que…
Pedro agarrou Rui pela cara e aproximou-a da dele.
- Isto é muito simples. Amanhã, nessa grande festa de anos que vai haver, tu vais convencer o Ricardo a contratar-me assim que a merda deste estágio acabe. E vais fazer isso sem espinhas, limpinho, Ok? Se amanhã à noite não me deres essa garantia, toda a gente vai saber das tuas opções e dos teus amiguinhos. Do Tiago e de todos os outros que me contaste…
- Não eras capaz…
- Amanhã. E nem mais um dia.
Depois de dizer isso, Pedro beijou Rui, com um linguado. Empurrou-o e saiu do estúdio.
****
David e Ricardo estavam agora juntos. David tinha ido ter com ele a sua casa.
- Mas o que se passa, Ricardo? Porque é que queres acabar tudo assim? – perguntava David.
- Tu sabes que eu namoro. Eu sempre te disse isso.
- Eu sei, eu também ando com uma rapariga e isso nunca foi impedimento para estarmos juntos.
- Nós fazemos dois anos de namoro no domingo e ele vem de Londres de propósito para ter comigo… Amanhã! E eu amo-o, percebes? Eu agradeço-te tudo o que aconteceu entre nós. Foi intenso, foi excitante, foi fantástico. Mas não podemos continuar, desculpa.
David não insistiu e compreendeu Ricardo. Beijou o amante de uma forma calorosa, talvez pela última vez.
- Eu vou estar fora a partir da próxima semana e só voltarei no final do ano. Espero que corra tudo bem entre vocês. Da minha parte, tudo sem ressentimentos.
Ricardo agradeceu e despediu-se de David.
****
Anoiteceu. Ricardo passara o resto do dia a pensar em tudo o que acontecer nas últimas horas. Foi então que precisou de desabafar, de contar tudo aquilo a alguém. A escolha foi óbvia.
- Espero que aquilo que me tens para dizer seja realmente importante – referiu Mariana. – Fizeste-me vir aqui de propósito, tinhas mesmo de contar pessoalmente?
- Se não fosse, não te tinha pedido para virmos até aqui a esta hora. Mas o assunto é mesmo importante.
Já passava da meia-noite. Mariana tinha ido ter com Ricardo a casa dele.
- Durante o último mês, eu tenho mantido uma relação com o David.
- Desculpa? – perguntou Mariana, espantada – Mas qual David?
- O David Carreira.
O mundo de Mariana caiu-lhe aos pés. Naquele momento várias coisas lhe passaram pela cabeça. Mas nem era o facto de, no fundo, continuar a gostar de Ricardo que a preocupava. Era, isso sim, o regresso de Manuel no dia seguinte.
- Mas… Mas e o Manel? Ricardo, o David Carreira é um dos gajos mais mediáticos no nosso país. Vocês estão a expor-se tanto. E se vos apanham? E depois… o David é gay?
Ricardo explicou que David era bi. Contou-lhe sobre os encontros secretos que iam mantendo nas últimas semanas, até chegar à situação atual.
- E foi por isso que acabei tudo com ele, porque amo o Manuel e não lhe consigo continuar a fazer isto – disse Ricardo, não revelando que já sabia do regresso do namorado.
- Ricardo… Esquece a situação. Tenta esquecer o David e tudo o que aconteceu. Tenho muito orgulho em ti, na decisão que tomaste! Sê feliz com o Manel, é isso que mais quero. Acredita. Espero que esta opção que tomaste seja a verdadeira reviravolta que estavas a precisar.
- Eu também espero que sim. Não consigo deixar de pensar no Manel. E acredita que os remorsos por trai-lo surgiam. Mas a tentação era mais forte do que eu.

- Ainda bem que pensas assim. Ainda bem que pões o teu amor pelo Manel em primeiro lugar. Ricardo… não te posso negar que ainda sinto algo por ti. Mas isto vai passar. Já tens o teu príncipe encantado e eu vou encontrar o meu.